MSX TOP CAD - Manual do Usuário

MSX TOP CAD Vs. 1.1 (e 1.2)

Autor: Frederico Liporace

Distribuição Exclusiva: NEMESIS INFORMÁTICA LTDA.

Manual do Usuário


Nota Referente à Versão 1.2

Apresentação

Carregamento e Noções Básicas

Componentes

Desenhos

Textos

Entrada e Saída

Miscelânea

Segmentos

Utilitários
Garantia e Suporte


ATENÇÃO (Nota referente à versão 1.2):

O próximo texto, em itálico, é referente à versão 1.2, que foi disponibilizada neste site, e está disponível também no arquivo "TOPCAD.TXT".

Visando possibilitar o uso do TOP CAD em outras áreas que não sejam a da eletrônica, foram feitas algumas modificações na maneira de como o programa é chamado no "DOS".

1) A> TOPCAD ELETRO

A mesma sintaxe deverá ser usada para acessar o utilitário EDITOR:

2) EDITOR ELETRO

(GRADE) A palavra ELETRO indica o banco com o qual o TOP CAD ou o Editor irão trabalhar, no caso o de eletrônica que acompanha o seu disco.

Se for desejado trabalhar com outro banco, como por exemplo um de Arquitura, deve-se seguir os seguintes passos:

2.1) Fornecer informações sobre o banco que será criado, através do utilitário "CRIABAN", fornecido no nome do novo banco, assim como o número e o nome de cada um dos subgrupos que o formam.

Por exemplo: o banco de Eletrônica fornecido tem o nome "ELETRO" e é dividido em 4 subgrupos de nomes: SEMICOMD, RLC, DIGITAL e MISCELANEA.

Um banco de Arquitetura seria então criado da seguinte maneira:

A> CRIABAN NOME DO GRUPO: ARQUITET

NUMERO DE SUBGRUPOS: 3

SG1: PORTAS

SG2: JANELAS

SG3: MOBILIA

Este foi apenas um exemplo. O número e o nome de cada subgrupo deverá ter no máximo 10 caracteres.

2.2) Para editar o banco criado digite:

(GRADE) A> EDITOR ARQUITET

E, para usa-lo no TOP CAD:

A> TOP CAD ARQUITET

O novo banco criado não contém nenhum componente. Estes deverão ser desenhados através do "EDITOR". Não use o TOP CAD com o novo banco sem que pelo menos haja um componente em cada grupo.

Obs: Estando no modo de escrita para sair pressione [CONTROL]+[F], para mudar a posição do componente pressione [CONTROL]+[R], para ver o arquivo de componentes movimente o cursor para a esquerda ou para a direita.

S.J.B.V 16/05/1993

CLEUSE & LUCIANO

Topo

O MSX TOP CAD é um programa que transforma seu MSX numa prancheta com todos os acessórios necessários para a confecção de desenhos técnicos de precisão.

Trata-se de um aplicativo indispensável para os usuários de MSX que estão ligados às áreas de arquitetura, hidráulica, mecânica e engenharia, ou para os "hobbystas" em geral.

O programa foi totalmente desenvolvido em linguagem Pascal, tornando-o extremamente rápido e confiável. Sua utilização ficou simplificada, pois ele possui recursos de "janelas" e menus "pull-down", como os programas mais avançados. Contém ainda, recursos de impressão "full-page" com possibilidade de interligação entre os arquivos para plantas em tamanho oficial.

Inclui gabarito completo com todos os símbolos usados em eletrônica e circuitos lógicos digitais e possui um editor próprio para confecção e alteração de diferentes gabaritos.

APRESENTAÇÃO:

Este manual foi elaborado com o objetivo de fazer você tirar o máximo proveito do programa. Para que isso aconteça, é fundamental que ele seja lido com muita atenção. Com o auxílio do próprio programa, procure explorar cada tópico apresentado até entender por completo o seu funcionamento.

A sua participação é muito importante no que diz respeito ao desenvolvimento de futuras versões deste programa, assim como outros programas ligados à mesma área. Envie suas sugestões, críticas, etc diretamente para o autor, através da caixa postal 4.583 CEP 20.001 - Rio de Janeiro - RJ. Não se esqueça de enviar também o nº de série de seu programa, impresso na capa do manual.

Nota: obviamente, o endereço acima não mais funciona, portanto, não perca seu tempo...

Topo

CARREGAMENTO E NOÇÕES BÁSICAS:

Ligue o disk-drive, ligue o computador e insira o disquete com o programa MSX TOP CAD da NEMESIS INFORMÁTICA LTDA.

Quando aparecer o sinal de "PROMPT" ou "A>" digite:

A>TOPCAD e pressione [ENTER]

Pronto, você agora está no ambiente do MSX TOP CAD. O cursor aparecerá no canto superior esquerdo do vídeo, e pode ser movimentado com as teclas de direção ou "setas".

Em muitas partes deste manual, vamos nos referir às teclas [LGRA] e [RGRA] do micro-computador "Expert". Estas teclas tem o mesmo efeito que as teclas [GRAPH] e [CODE] respectivamente, do "Hotbit" ou de microcomputadores MSX importados.

Experimente movimentar o cursor com ou sem a tecla [LGRA] pressionada juntamente com as setas. Você irá notar que [LGRA] possibilita um ajuste fino da posição do cursor.

Pressione agora [F2]. Esta tecla aciona uma das janelas gráficas do programa; no caso a de Entrada e Saída (I/O). Você poderá selecionar qualquer uma das opções com as setas para cima e para baixo e executá-la com a barra de espaço. Com a tecla [ESC] pressionada você sai da janela sem executar nenhuma opção. Existe uma janela associada a cada tecla de função de [F1] a [F5] (Desenho, I/O, Texto, Miscelânea e Componente, respectivamente) que funcionam da mesma maneira descrita acima.

Vamos agora ler um circuito armazenado em disco: Pressione [F2] e execute a opção "LE TELA". O programa pedirá, então, o nome do projeto a ser carregado. Digite EXEMPLO, que é o nome do circuito eletrônico de exemplo que acompanha o TOP CAD da NEMESIS INFORMÁTICA LTDA. Não é necessário se preocupar com a extensão do arquivo, pois o programa assume que para todo o projeto a extensão é ".CIC". Note que existe a opção de se interromper o processo de digitação do nome com a tecla [ESC]. A tecla [ESC] poderá ser usada para esse fim durante QUALQUER entrada de dados solicitada pelo programa.

Experimente agora pressionar as setas juntamente com a tecla [SHIFT]. Note que o tamanho do circuito editado não é limitado pela resolução do micro. Na verdade, o MSX TOP CAD trabalha de maneira semelhante a um programa de "Desktop Publishing", com algumas vantagens quando o objetivo é desenhar esquemas de circuitos eletrônicos, projetos arquitetônicos, mecânicos e de engenharia em geral.

Antes de passarmos para o próximo ítem, vamos limpar a área de edição. Para isso, pressione a tecla [HOME/CLS] 2 vezes seguidas.

Atenção: A tecla [STOP] volta ao MSX-DOS.

Topo

COMPONENTES:

Este é o ponto que torna o MSX TOP CAD que você recebe nesta embalagem, um editor específico de circuitos eletrônicos, pois traz um banco de componentes lógicos e de eletrônica que já vem pré-programados. Pode-se no entanto criar quaisquer outros elementos para as mais diversas finalidades, como veremos adiante. Estes elementos serão daqui para frente designados como "SHAPES".

Existem duas maneiras de se acessar um shape: através de um banco residente na memória ou através de bancos situados em arquivos gravados no disco.

> Acesso através do banco residente:

Pressione [SELECT]. O banco residente será mostrado juntamente com as letras de [A] a [Z], cada uma associada a um componente. O transístor NPN, por exemplo, está associado a tecla [N].

O banco exibido é o banco carregado automaticamente pelo programa, ou seja, o arquivo "E-CAD.BAN". A extensão "BAN" é usada pelo MSX TOP CAD para designar o arquivo como um banco de 26 componentes.

Pressione qualquer tecla para voltar à área de edição. O acesso a um componente do banco segue então o seguinte roteiro.

1) Pressione [RGRA].

2) Pressione a letra associada ao componente desejado (por exemplo, [N] se for desejado um transístor NPN).

Você agora pode controlar o componente da mesma maneira que controlou o cursor descrito anteriormente. Note que as teclas [LGRA] e [SHIFRT] continuam ativas. Enquanto você estiver controlando o componente, as teclas a seguir assumem as seguintes funções:

[ESPAÇO]: "Carimba" o componente na área de edição.

[ESC]: Volta o cursor principal APAGANDO TODOS OS CARIMBOS FEITOS DEPOIS DO ÚLTIMO [ENTER].

[ENTER]: Fixa a tela e delimita a ação do [ESC].

[CTRL] + [E]: Espelha o componente em relação ao eixo vertical.

[CTRL] + [R]: Rotaciona o componente de 90 graus no sentido anti-horário.

Como o uso em conjunto das teclas [ESC] e [ENTER] é muito importante, vamos exemplificá-lo:

Na sequência de oprerações descrita acima, o 3º carimbo seria apagado. Se [ENTER] não fosse pressionada todos os carimbos seriam apagados, e se fosse pressionada depois do carimbo 3 nada seria apagado.

Uma observação importante: Se durante o processo de "carimbação" for feito um acesso a qualquer uma das janelas ou for usada a tecla [SHIFT], todas as operações feitas anteriormente não poderão ser canceladas com o uso de [ESC]. Em outras palavras, o acesso as janelas e o uso de [SHIFT] equivalem a pressionar [ENTER].

Pressionando [CTRL]+[U] durante a exibição do cursor principal, você volta a controlar o último componente acessado.

> Acesso através do banco em disco:

O acesso pelo banco na memória é fácil e rápido, mas está limitado a 26 componentes. Pra contornar isso, foram criados bancos em disco que, apesar do acesso ser mais lento, podem ser expandidos para até 400 componentes.

Pressione [F5] e selecione um grupo entre:

SEMICOND: Semicondutores em geral.

RLC: Elementos que, de uma forma ou de outra, são constituídos de resistores, indutores ou capacitores (transformadores, relês, fontes independentes, etc).

DIGITAL: Portas lógicas, displays, etc.

MISCELÂNEA: Qualquer elemento que não se encaixe nos grupos anteriores, além dos ícones (terra, chave, etc).

Uma vez escolhido o componente, você ainda tem a opção de transferí-lo também para o banco residente, utilizando a seguinte sintaxe:

"Nome do componente"-"letra a associar"

Por exemplo:

a) TRIAC-T

b) MOSFET EN-N

c) TUJ

No exemplo (a), faríamos uma cópia do componente TRIAC para o banco residente, e este componente ficaria associado à tecla [T], e o componente anteriormente associado à essa tecla seria apagado. No ítem (b), copiaríamos o componente MOSFET Enhanced Canal N para o banco residente e o associaríamos à tecla [N]. No ítem (c), apenas passaríamos a controlar um transístor unijunção (TUJ), mas sem copiá-lo para o banco residente.

Observações:

- [ESC] volta em qualquer momento ao cursor principal.

- O nome dos componentes tem no máximo 10 caracteres.

- A possibilidade de redefinição dos componentes e até mesmo de criação de novos componentes para expandir o banco em disco existe, e será descrita adiante.

Uma vez na área de edição, o procedimento para movimentação e "carimbação" do componente é o mesmo descrito anteriormente.

Topo

DESENHOS:

O MSX TOP CAD oferece todas as funções de um editor gráfico comum necessárias para a confecção de plantas de projetos, fazendo o uso das seguintes teclas:

[CAPS-LOCK]: Marca um ponto na área de edição.

[F1]: Seleciona a opção de desenho.

[ESPAÇO]: Executa a opção selecionada, ou seja:

- LINHA: Desenha uma linha entre o ponto marcado com [CAPS-LOCK] e a posição atual do cursor.

- BOX: Desenha uma caixa com vértice superior esquerdo no ponto marcado e inferior direito na posição do cursor.

- RAIO: Idem a LINHA, mas mantém o ponto marcado na posição original.

- APAGA: Marca vértice superior esquerdo da área a ser apagada. Movimente o cursor e use [ESPAÇO] para marcar o vértice inferior direito. A área delimitada pelo retângulo formado será então apagada. Essa opção é usada quando há a necessidade de se apagar grandes áreas de desenho.

- CÍRCULO: Desenha um círculo com centro no ponto marcado e que passa pela posição do cursor.

- PAINT: Preenche uma área a partir da posição do cursor.

- BORRACHA: Apaga a área que está sob o cursor. É utilizada juntamente com [LGRA] quando forem necessários retoques no desenho do projeto.

Além dessas, ainda existe uma opção especial usada para ligar componentes, que é acessada através de [CTRL]+(uma das setas). Esta opção conecta um ponto marcado por [CAPS-LOCK] e a posição atual do cursor da seguinte maneira:

Ou seja, essa opção liga os pontos marcados por [CAPS-LOCK] e pela posição do cursor através de 2 segmentos de reta. A seta apenas indica qual desses dois segmentos será o primeiro a ser desenhado.

A tecla [P] desenha um simples ponto (muito usado para indicar que duas trilhas estão em curto no caso de circuitos eletrônicos).

As teclas [ESC] e [ENTER] funcionam em conjunto da mesma maneira descrita na seção de componentes, considerando qualquer ação de desenho executada através de [ESPAÇO], [P] e [CTRL]+(seta) como um "carimbo". Valem as mesmas observações quanto à [SHIFT] e às janelas.

A opção selecionada por [F1] fica ativa enquanto não for selecionada outra opção de desenho.

Topo

TEXTOS:

O MSX TOP CAD, da NEMESIS INFORMÁTICA LTDA, permite que a mistura de texto com gráficos seja extremamente simples. Basta pressionar [F3] e escolher um dos tipos de letras oferecidos, entre Normal, Itálico + (inclinado para a direita), Inclinado - (inclinado para a esquerda), Compacto, Largo ou Sombreado.

Após isso, você entrará no modo texto. O cursor de texto é diferente do cursor gráfico visto anteriormente, mas sua movimentação é idênctica, inclusive em relação às teclas [LGRA] e [SHIFT].

São ainda oferecidas as seguintes facilidades:

[BS]: Volta cursor apagando último caracter.

[TAB]: Marca margem direita.

[ENTER]: "Carriage Return" com cursor na coluna marcada por TAB.

[CTRL]+[F]: Finaliza modo texto, voltando ao cursor principal.

Os caracteres acessados através de [LGRA] e [RGRA] poderão ser usados normalmente, assim como os caracteres acentuados poderão ser acessados pelas teclas de acentos. Note apenas que para que esses caracteres sejam impressos é preciso que eles estejam definidos no set de caracteres utilizado no momento (ver Entrada e Saída).

As teclas [ESC] e [ENTER] funcionam da mesma maneira descrita na seção componentes, considerando cada entrada e saída do modo texto como um "carimbo".

Topo

ENTRADA E SAÍDA:

Todas as funções de Entrada e Saída são acessadas através de [F2]. A descrição de cada uma delas, lembrando que não é necessário digitar a extensão quando é perguntado o nome dos arquivos de E/S, é a seguinte:

- IMPRESSORA: Imprime o circuito editado depois de selecionada a densidade (simples ou dupla) e o número de vezes (de 1 a 255) que o carro da impressora imprimirá cada linha. A impressão poderá ser abortada em qualquer momento através do uso da tecla [ESC]. Deve ser usada uma impressora gráfica matricial.

- LÊ ALFABETO: Carrega um alfabeto do disco (extensão ".SET"). Qualquer alfabeto utilizado pelo MSX PAGE MAKER da NEMESIS INFORMÁTICA poderá ser usado, desde que convertido pelo programa "CONVALF.COM" (Ver ítem Utilitários). O alfabeto carregado será então utilizado quando se entrar no modo texto.

- LÊ BANCO E GRAVA BANCO: Grava (ou lê) o banco de componentes residente, com a extensão ".BAN".

O uso conjunto dessas duas opções com as opções de gerenciamento de componentes vistas anteriormente permite a criação de bancos residentes (portanto de acesso mais rápido) de acordo com o projeto elaborado.

- LÊ TELA E GRAVA TELA: Grava (ou lê) o projeto que está sendo editado com a extensão ".CIC". Se ao ser perguntado pelo nome para gravação você digitar simplesmente [ENTER] o projeto será gravado com o nome atual.

- DIRETÓRIO: Exibe o diretório do disco de acordo com a máscara desejada. É permitido o uso dos caracteres "?", ":" e "*" como componentes da máscara como no sistema operacional.

- SEGMENTOS: Ver ítem Segmentos.

Topo

MISCELÂNEA:

Esse grupo de funções é acessado através de [F4]. A descrição de cada uma delas é a seguinte:

- ELÁSTICO: Esta opção ativa o elástico para ser usado juntamente com as opções de desenho. Ela funciona em modo "toggle", ou seja, posicionando a barra de seleção da janela e pressionando [ESPAÇO], o elástico será ativado. Para desativá-lo, repita o procedimento. Um "X" ao lado da palavra Elástico
indica se esse está ou não ativo.

Note que tudo que for desenhado com o elástico ligado somente poderá ser apagado com a BORRACHA e APAGA, pois a tecla [ESC] retornará ao cursor principal SEM apagar nada.

- GRID: Assim como o elástico, essa opção funciona no modo "toglle". Quando ativa, faz com que a área de edição se torne quadriculada. Vamos aproveitar esse momento para introduzir uma nova função:

Uma vez com a área de edição quadriculada, movimente o cursor com [LGRA] e em seguida pressione [TAB]. Esta tecla desloca o cursor para o pixel superior esquerdo do quadrado em que o cursor está situado. Movimente agora o cursor sem pressionar [LGRA] e veja que este sempre se posiciona no pixel superior esquerdo de cada quadrado. Procure ao máximo trabalhar nesta circunstância, uma vez que isso facilita a conexão entre os componentes existentes.

- AJUSTE: Também funciona no modo "toggle". Quando ativa, faz com que a movimentação do cursor seja sempre feita de pixel em pixel, estando ou não a tecla [LGRA] pressionada.

- DRIVE: Indica o drive "default" onde serão procurados todos os arquivos (alfabetos, circuitos, bancos, etc) que o programa carrega (ou grava) do disco. Esta opção funciona no modo "toggle", com a diferença de que em vez dos estados "LIGADO" e "DESLIGADO", como anteriormente, os estados são "A" e "B".

- TAMANHO: Define a formatação da área de edição. Apesar da memória reservada para a área de edição ser fixa (16 Kbytes), existem várias combinações de comprimento e largura possíveis para essa área. O programa permite que o comprimento seja especificado através dessa opção, modificando assim o formato da área de edição, se isso for conveniente para desenhar um determinado projeto. O número apresentado quando se acessa a opção é o comprimento atual da área de edição, em unidades definidas como BLOCOS. Para se ter uma noção do tamanho de um bloco, o comprimento da área de edição apresentada no vídeo é equivalente a 32 blocos e a largura é de 24 blocos.

É claro que um aumento do comprimento acarreta uma diminuição da largura da área de edição. O valor do comprimento pode se situar entre 32 e 85, e a área de edição será apagada caso o comprimento seja modificado.

Topo

SEGMENTOS:

O tamanho do projeto a ser desenhado não é limitado pelo espaço de memória disponível para a área de edição (16 Kbytes). O MSX TOP CAD pode tratar um projeto como sendo na verdade composto de várias áreas, acessando uma de cada vez para edição, mas juntando-as no momento da impressão. A utilização dessa técnica torna o tamanho do projeto limitado apenas pelo espaço em disco necessário para gravar todos os segmentos (cada um ocupa em média 4,5 Kbytes), ou pelo número máximo de segmentos permitidos, que é de 999.

Para mudar o segmento que está sendo editado, utilize a opção SEGMENTO da janela de I/O ([F2]). O número do segmento atual será mostrado, e você poderá mudá-lo digitando o número do novo segmento. Note que o primeiro segmento tem o número zero.

Se o número do novo segmento for vizinho do atual (1 para 2, 5 para 6, 4 para 3, etc) será perguntado se você deseja copiar a área compartilhada entre os segmentos, do atual para o novo. Essa área tem um comprimento igual a 3 blocos e a razão dela poder ser copiada é facilitar a conexão entre componentes de segmentos diferentes.

No momento da impressão, será impressa a área compartilhada que pertencer ao segmento de MAIOR número. A área compartilhada que pertencer ao segmento menor será ignorada.

Observações:

- Os arquivos, em disco, dos segmentos terão como extensão o número do segmento ao qual eles correspondem, exceção feita ao segmento zero. Por exemplo:

TESTE.CIC --> SEGMENTO 0

TESTE.1 --> SEGMENTO 1

TESTE.2 --> SEGMENTO 2, ETC ...

- O comprimento da área de edição de segmentos de um mesmo projeto serão OBRIGATORIAMENTE iguais.

Topo

UTILITÁRIOS:

O pacote do MSX TOP CAD da NEMESIS INFORMÁTICA é composto, além do Editor principal,de 3 outros programas utilitários:

a) CONVALF.COM:

Este programa é responsável pela conversão de alfabetos do padrão utilizado pelo MSX PAGE MAKER da NEMESIS INFORMÁTICA LTDA para o formato utilizado pelo TOP CAD. Sua operação é bastante simples e se baseia nos seguintes passos:

1) Digite o nome do arquivo a ser convertido (não é necessário digitar a extensão ".ALF").

2) Digite o nome para gravação do arquivo no formato do TOP CAD. Se não for desejadoalterar o nome do arquivo, simplesmente digite [ENTER] e o nome do arquivo destino será o mesmo do arquivo fonte, com a extensão modificada para ".SET".

São permitidos como nome de arquivo expressões do tipo "B:DATA" e "A:ROMANO" para indicar o drive fonte e/ou destino.

b) EDITOR.COM:

Este foi o programa utilizado para desenhar todos os componentes do MSX TOP CAD, e agora poderá ser usado para definir novos componentes ou redefinir os já existentes.

Você controla inicialmente um cursor num "grid" de 32x32 posições. Utilize as setas para mover o cursor, e [SHIFT]+(setas) se desejar mover o cursor de 8 em 8 posições.

Existem 3 modos básicos de desenho, cada um associado a uma cor do cursor, que são os seguintes:

- Modo NOT (Verde): Ativado com [CTRL]+[N].

- Modo SET (Amarelo): Ativado com [CTRL]+[S].

- Modo RESET (Vermelho): Ativado com [CTRL]+[R].

Pressionando [ESPAÇO] no modo NOT, o ponto que está sob o cursor será setado (aceso) se estiver resetado (apagado), e vice-versa. No modo SET, o ponto será sempre setado, não importando o estado anterior e no modo RESET o ponto será sempre ressetado.

Você poderá visualizar, no canto superior direito do vídeo, o componente em tamanho natural. A tecla [HOME/CLS] apaga a área de edição, enquanto [CTRL]+(setas) desloca o componente editado na direção desejada.

Os comandos que permitem a alteração dos bancos de componentes em disco são os seguintes:

[CTRL]+[L]: Lê um componente do disco: Selecione o número do grupo desejado quando pedido e digite o nome do componente por extenso. Para obter uma listagem dos componentes do grupo escolhido, digite "LIST" quando perguntado o nome do componente.

[CTRL]+[G]: Grava (acrescenta) o componente editado em um banco de componentes. Simplesmente selecione o grupo e digite o nome do novo componente. Lembre-se que cada grupo pode ter 100 componentes no máximo, e que o nome do componente poderá ter até 10 caracteres.

[DELETE]: Elimina um componente de um dos grupos. Se houverem 2 componentes com o mesmo nome, apenas o primeiro será apagado.

Se [CTRL]+[E] for pressionado enquanto um componente estiver sendo editado, será feito um espelho em relação ao eixo horizontal central. Essa função é útil pois grande número de componentes poderá apresentar essa simetria.

Para voltar ao MSX-DOS, tecle [STOP].

c) LISTPC.COM:

Esse arquivo permite que circuitos editados pelo TOP CAD possam ser impressos em micros compatíveis com a linha IBM-PC.

Uma vez no MS-DOS do IBM/PC, digite:

>LISTPC (nome do circuito)

Não será necessário digitar a extensão do arquivo.

Entre em seguida com a densidade de impressão e o número de vezes que o carro da impressora imprimirá cada linha (até 255 vezes).

Topo

ATENÇÃO:

Entre em contato com a NEMESIS INFORMÁTICA quando houver qualquer dúvida quanto ao manuseio deste programa. Estaremos prontos a resolver o seu problema, seja ele qual for.

Garantia e Suporte:

A NEMESIS INFORMÁTICA LTDA oferece garantia e suporte permanente para este software, seus acessórios e todos os outros programas desenvolvidos pela sua equipe.

Para atualizar sua versão ou em caso de defeito na gravação ou até mesmo em caso de acidente por uso inadequado pelo usuário, envie-nos para re-gravação no endereço abaixo.

NEMESIS INFORMÁTICA LTDA

CAIXA POSTAL 4.583 CEP 20.001

CENTRO - RIO DE JANEIRO - RJ

Topo